António Vasconcelos Lapa
As peças tomam forma com uma simplicidade que nos remete para o universo fantástico de um herbário único.
Vestígios de uma floresta, cenário de fábulas e histórias.
Há uma espécie de biologia sensorial onde podemos imaginar o que aconteceu e o que pode vir a acontecer, o porvir das peças, algumas de encaixe, que nos convidam a jogar um jogo improvável.